Sexta, 30 de outubro de 2020.

Renault celebra 10 anos do Women@Renault e comemora ótimos resultados

O grupo Women@Renault, que realiza ações focadas em promover um ambiente inclusivo, que respeite a diversidade, está comemorando 10 anos com um aumento de 64% no número de mulheres da Renault do Brasil.  E equidade de gênero é um tema que faz parte do dia a dia da montadora há quase duas décadas, quando o Grupo Renault aderiu ao Pacto Global da ONU em 2001, com aplicação dos 10 princípios em todas as unidades pelo mundo.

A Renault do Brasil foi ainda a primeira montadora da América Latina a aderir em 2015 aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs), um programa da ONU Mulheres e Pacto Global das Nações Unidas que visa promover a igualdade de gênero em todas as atividades sociais e da economia.

Além de patrocinar e participar de vários fóruns e eventos de promoção da equidade de gênero, a Renault do Brasil é apoiadora da campanha mundial “He for She” (“Eles por Elas”), também promovida pela ONU, de engajamento na promoção dos direitos das mulheres.

Como resultado, a montadora já recebeu três reconhecimentos WEPS (Women’s Empowerment Principles) concedido pela da ONU Mulheres e Pacto Global da ONU, sendo duas vezes categoria Ouro.

O Instituto Renault também é responsável por práticas que refletem a política inclusiva da empresa. Um exemplo é o projeto de apoio à Associação Borda Viva, que tem como um dos seus objetivos a capacitação e para a geração de renda das mulheres na comunidade de Borda do Campo, região de baixa renda de São José dos Pinhais (PR), onde está localizada a fábrica da Renault.

Hoje 30% dos cargos de gerente da Renault do Brasil são ocupados por mulheres. Além disso, quando se analisa o pipeline de sucessão para os cargos de gerente 36% são de mulheres.

“Temos o papel fundamental de abrir os caminhos para que as mulheres se tornem cada vez mais presentes e atuantes. Daí, a grande importância do grupo Women@Renault, um projeto que aumenta a diversidade dentro da empresa para tornar a mulheres cada vez mais protagonistas de suas carreiras. Trabalhamos com a diversidade para trazer mais criatividade e inovação”, explica Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

 WOMEN@RENAULT

- Criado em 2010, o grupo é responsável por realizar ações focadas em promover um ambiente inclusivo, que respeite a diversidade, e pautado pela equidade de gênero.

- Por meio desse grupo, a Renault atua no desenvolvimento de projetos para fomentar a diversidade dentro da empresa.

- Homens e mulheres participam do grupo Women@Renault.

- Exemplo de ações já realizadas:

- Patrocínio institucional para a Corrida da Mulher, em Curitiba.

- Programa de recrutamento de gestoras da fabricação.

- Valorização do time de futsal feminino da Renault no Encontro com Gestores pela vitória nos Jogos Regionais do Sesi em 2019.

- Programa Mulherar

- Ações para o Dia Internacional da Menina (mundialmente celebrado pela ONU em 11/10). As ações da Renault são voltadas às futuras carreiras das meninas em áreas como engenharia, tecnologia, fabricação etc.

- Relançamento da campanha HeforShe com adesão de 100% do comitê de direção da Renault do Brasil.

- Colaboração na construção da Rota Diversidade e Longevidade 2035 – Sesi. Material composto por um livro e um roadmap que apresentam direcionamentos para construir ambientes corporativos mais igualitários e que ofereçam oportunidades para todos.

- Realização de lives com temas como o empoderamento feminino, papel da mulher na indústria automotiva, etc.

- Ações para o último trimestre do ano:

- Programação Outubro Rosa voltada para as questões de saúde, empoderamento e protagonismo feminino:

- Campanha interna das mulheres que fizeram história no setor automotivo.

- Dia das meninas.

- Série de vídeos com dicas de saúde.

- Renault Talks (lives) sobre Saúde da Mulher, Empoderamento feminino e Empreendedorismo social feminino.

- Coaching e mentoring para gerentes mulheres da Renault do Brasil.

- Serious Game Together in Diversity: curso online para todos os gestores da empresa.

- Curso de vieses inconscientes para todos os gestores da empresa.  

“Para que o número de mulheres na Renault possa continuar crescendo, temos ações alinhadas aos sete princípios de empoderamento feminino, os WEPs, e trabalhamos continuamente para avançar em nossas práticas de diversidade e inclusão”, explica Fernanda Stocco, gerente de Comunicação da Renault do Brasil e uma das coordenadoras do projeto Women@Renault, juntamente com Cynthia Tepedino, gerente de Supply Chain, Regina Souza, gerente de Desenvolvimento da rede e Tatiane Mesquita, supervisora de Recursos Humanos.

MULHERAR

- A iniciativa da criação do programa Mulherar surgiu nos fóruns do Comitê do Women@Renault.

- No Brasil, cerca de 50% da força de trabalho é feminina, mas apenas 18% estão em cargos de gestão. Por isso, surgiu o Mulherar, como um espaço para discutir as questões da mulher relacionadas aos diversos papéis: profissional, mãe, esposa, amiga, filha, etc. e ajudar as participantes a distinguir as barreiras no cenário atual da mulher no trabalho.

- O objetivo do programa é fazer com que a participante possa inteirar-se, conhecendo e intervindo nos obstáculos e desafios internos e externos para fazer escolhas conscientes. O programa também é um acelerador de competências fundamentais para que essas mulheres possam ocupar futuros cargos de liderança. O Mulherar está em sua terceira turma e conta com participantes de diversas áreas da empresa.

INSTITUTO RENAULT

- O Instituto Renault também é responsável por práticas que refletem a política inclusiva da empresa. Um exemplo é o projeto de apoio à Associação Borda Viva, que tem como um dos seus objetivos a capacitação e para a geração de renda das mulheres na comunidade de Borda do Campo, região de baixa renda de São José dos Pinhais (PR), onde está localizada a fábrica da Renault.

- Em 2018 foi viabilizado pelo Instituto Renault o curso de Empreendedorismo Social ministrado pela Aliança Empreendedora, com o objetivo de profissionalizar a gestão e melhorar os processos da Associação Borda Viva.

- Desde 2005, o projeto já beneficiou 89.617 pessoas.

- A geração de renda pelo projeto aumentou em sete vezes desde 2015.

- A partir de 2020, uma linha uma linha exclusiva de produtos da Associação Borda Viva passou a ser comercializada em concessionárias da Renault na França. São quatro concessionárias localizadas em três cidades: Paris, Lyon e Marseille, além do Ateliê Renault, na Champs-Élysées.

Eixos de trabalho:

- Cozinha social: segurança alimentar assegurando a refeição diária para 111 crianças.

- Cozinha comercial: refeições de qualidade a um preço acessível e coffee breaks para eventos institucionais.

- Casa da Costura: capacitação das mulheres em costura, modelagem, bordado e estampagens para a produção de bolsas e acessórios que reutilizam aparas e sobras de materiais da Renault e fornecedores, como cintos de segurança e tecido automotivo.

RECONHECIMENTOS E PREMIAÇÕES

- “Prêmio Melhores Práticas Diversidade & Inclusão” da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento do Paraná (ABTD/PR) pelas ações desenvolvidas acerca do tema .
- Troféu Ouro na terceira edição do prêmio WEPs 2019 (a Renault foi Ouro em 2016 e Prata em 2014).
- Prêmio AB Diversidade 2019 – Automotive Business e MHDI – Renault foi vencedora nas categorias gênero e LGBTI+.
- “Prêmio Melhores Práticas Diversidade & Inclusão 2020” da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento do Paraná (ABTD/PR) pelas ações desenvolvidas acerca do tema.

 
 
 
 

Releases Relacionados