Quinta, 22 de abril de 2021.

Novo Zoe E-Tech, o prazer da mobilidade 100% elétrica

  • Design marcante conferindo ainda mais personalidade
  • Prazer ao dirigir e autonomia de 385 quilômetros (WLTP), potência de 135 cv e 25 kgfm de torque 
  • Easy life com conectividade para facilitar a vida a bordo 
  • Opção de recarga rápida com corrente contínua (DC) com até 157 km de autonomia em 30 minutos
  • Veículo elétrico mais vendido na Europa em 2020
  • Disponível no Renault On Demand, o serviço de aluguel de longa duração da Renault 
  • Parceria com WEG e EDP para instalação de carregadores elétricos 

O Renault Zoe foi o pioneiro na Europa e se tornou o carro elétrico mais vendido no mercado europeu. Agora, na terceira geração, o novo Zoe E-Tech assume uma dimensão mais ampla em matéria de versatilidade, qualidade e tecnologias. O modelo começa a ser vendido no Brasil em duas versões de acabamento: Zen (R$ 204.990) e Intense (R$ 219.990). 

“Em um mercado elétrico em forte crescimento, a Renault confirmou sua liderança na Europa, com alta de 101,4% em comparação com 2019, ou seja, dobramos nossas vendas de veículos elétricos. O Zoe é o carro 100% elétrico campeão de vendas na Europa, com mais de 100 mil unidades vendidas no ano passado, e líder nos principais mercados como a França, que é a nossa casa, mas também na Alemanha, que é outro importante e disputado mercado. O novo Zoe E-Tech é um veículo que chega para fortalecer a nossa liderança na venda de veículos elétricos, também aqui no Brasil”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil. 

A evolução é percebida desde o primeiro olhar. Do lado de fora, o novo Zoe  E-Tech afirma sua personalidade sem renunciar à sua agilidade característica. Do lado de dentro, a revolução fica evidente, com o cockpit e o painel de instrumentos totalmente redesenhados, proporcionando maior conforto.

Tecnicamente, o novo Zoe E-Tech oferece ainda mais liberdade. A bateria de 52 kWh faz sua autonomia chegar a 385 quilômetros, com ainda mais opções de recarga, graças à introdução do sistema de carga em corrente contínua (DC). O modelo também proporciona um prazer superior ao dirigir, graças à motorização mais performante, com 135 cv de potência e 25 kgfm de torque, que permitem ao condutor aproveitar a aceleração instantânea e suave.

A arquitetura elétrica foi totalmente repensada para receber o quadro de instrumentos digital de série. A iluminação agora é full LED em todas as versões, oferecendo assim uma luminosidade 75% mais potente em comparação com as lâmpadas halógenas, com um consumo energético mínimo. 

O novo Zoe E-Tech 100% elétrico não gera logicamente nenhuma emissão na utilização**. Mas a redução de seu impacto no meio ambiente não para por aí. Entre outros diferenciais, ela integra materiais sintéticos 100% provenientes da reciclagem, inclusive nas partes visíveis do interior, como os revestimentos, criados de acordo com o conceito da economia circular, e as peças em polipropileno reciclado.

Pioneira e líder da mobilidade elétrica na Europa, a Renault adquiriu um conhecimento único a respeito das necessidades e expectativas associadas a este mercado em pleno desenvolvimento. E o novo Zoe E-Tech é a comprovação disso.

O Zoe chegou às ruas europeias em 2012 e, desde então, a Renault se consolidou como pioneira e líder em mobilidade elétrica, alavancada principalmente pelo sucesso de seu principal modelo. As vendas do Zoe crescem continuamente desde o lançamento e suas vendas acumuladas fazem dele o veículo elétrico mais presente nas ruas europeias. São mais de 270 mil unidades vendidas desde 2012. Ele é o número um em vendas na Alemanha e na França. 

O Zoe foi lançado no Brasil para o consumidor final no Salão do Automóvel de 2018 de forma inovadora, sendo vendido também pelo site eletricos.renault.com.br e retirado nas concessionárias homologadas. Além da opção de aquisição online, o novo Zoe E-Tech está à venda em 16 concessionárias de 12 cidades (São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Divinópolis, Curitiba, São José dos Pinhais, Porto Alegre, Chapecó, Fortaleza, Recife e Brasília). Desde 2013, o elétrico mais vendido da Europa já estava disponível no mercado brasileiro, mas somente para empresas envolvidas em projetos de mobilidade sustentável, como Itaipu, CPFL, Beep Beep, entre outras.   

O novo Zoe E-Tech também passa a fazer parte do catálogo de produtos do Renault On Demand, o serviço de assinatura da marca lançado em janeiro e que faz parte da estratégia de mobilidade urbana e compartilhada Mobilize. 

A Renault firmou uma parceria com duas empresas líderes no setor elétrico no Brasil, a WEG e a EDP. Assim, os clientes da Renault, sejam empresas ou consumidores finais, contam com um serviço completo para a aquisição e instalação de carregadores elétricos. 

** Zero emissão na utilização: nem emissões de CO2 e nem poluentes atmosféricos regulamentados durante a condução, de acordo com o ciclo de homologação WLTP, com exceção das peças de desgaste.

 

Know-how “made in France”

Berço histórico do Grupo Renault, a França concentra atualmente a parte essencial das atividades de pesquisa, engenharia e produção de seus veículos elétricos. Concebido e fabricado na França, o novo Zoe E-Tech se beneficia do know-how constantemente renovado das principais atividades do Grupo.

O novo Renault Zoe foi criado pelas equipes do Technocentre da Renault. Localizado em Guyancourt, nos arredores de Paris, o centro de tecnologia reúne todas as competências necessárias à criação de um veículo elétrico: design, pesquisa & desenvolvimento, engenharia, arquitetura da bateria, aprimoramento do motor etc.

Desde 2012 o Zoe é produzido na fábrica de Flins (região de Yvelines, área metropolitana de Paris). Na época, a planta ampliou o escopo de suas competências ao realizar, por exemplo, a montagem dos elementos que compõem a bateria. 

Há 60 anos, a fábrica de Cléon (região de Seine Maritime, noroeste de Paris) representa a expertise do Grupo Renault em matéria de motores e transmissões.Convertida à produção de motorizações elétricas desde o lançamento do primeiro motor elétrico do Grupo, em 2014, ela produz os principais componentes do grupo motopropulsor elétrico que dá vida ao novo Zoe E-Tech, a começar por seu motor síncrono com rotor bobinado.

A nova geração do Zoe se beneficia de uma plataforma concebida especificamente para receber a bateria de um carro elétrico. O cárter que permite esta integração é produzido na fábrica da Renault em Le Mans (região de Sarthe, a oeste de Paris), assim como os eixos dianteiro e traseiro do veículo. 

 

Design com personalidade marcante

Associando a irreverência da juventude ao dinamismo da idade adulta, o novo Zoe E-Tech também estabelece um novo patamar em matéria de design. Agora, as formas suaves da geração anterior se associam às linhas com personalidade nitidamente mais marcante, conferindo a ele ainda mais presença e mais conforto para os passageiros.

Na frente da carroceria totalmente redesenhada, os contornos do capô esculpido convergem para um losango aumentado e alinhado, que se abre sobre a portinhola de recarga. O novo formato do para-choque integra adornos cromados na entrada de ar frontal, na grade e nos faróis de neblina, valorizando a parte frontal inferior. Já as entradas de ar laterais reforçam as qualidades aerodinâmicas do veículo.

Empregando a famosa assinatura luminosa em formato de C comum a todos os novos veículos da marca Renault, os novos faróis full LED dão a ele um visual expressivo. As dimensões do novo Zoe E-Tech não mudaram, mas ele agora tem mais presença. 

Do lado de dentro, os designers do Grupo Renault se dedicaram especialmente à qualidade dos acabamentos, ao conforto e à ergonomia. Já o display de 10 polegadas, disponível em todas as versões, é um dos destaques.

O revestimento com toque suave e macio e aspecto fosco do painel de bordo redesenhado contribui para o ambiente confortável e com qualidade premium. Localizado abaixo da tela do sistema multimídia Renault Easy Link, o console central totalmente retrabalhado integra as novidades tecnológicas lançadas pela Renault no novo Zoe E-Tech, como o freio de estacionamento automático. 

Na parte traseira, os passageiros sempre desfrutam de um amplo espaço, graças a uma elevação central mínima. O porta-malas de 338 litros e o banco traseiro rebatível contribuem para a grande capacidade de carga. 

O projeto da nova geração do Zoe dedica uma parte maior à reutilização dos recursos. Por exemplo, a Renault e seus parceiros conseguiram aplicar o processo histórico da cardagem a um tecido inovador criado a partir de materiais reciclados provenientes da indústria automotiva. Concebido segundo o conceito da economia circular, sua composição contém em média 50% de aparas de tecido e cintos de segurança, além de 50% de fibras recicladas a partir de garrafas plásticas (PET).

Enquanto os materiais sintéticos reciclados são tradicionalmente reservados aos cárteres e outros elementos de proteção do carro, no novo Zoe E-Tech eles entram pela primeira vez na composição de elementos do interior, como no tecido do acabamento Zen e nas peças aparentes de plástico injetado. Agora, o novo Zoe E-Tech conta com 22,5 kg de materiais sintéticos reciclados, um aumento em comparação à geração anterior.

 

Design externo

  • Capô redesenhado: o novo Zoe E-Tech tem um capô esculpido, cujas linhas convergem para o centro da parte frontal da carroceria. Relativamente curto e totalmente redesenhado, o formato contribui para o dinamismo de todo o carro. Estruturado em torno de volumes calculados com precisão, ele se harmoniza com o restante das evoluções realizadas na parte dianteira e contribui para a afirmação de uma personalidade mais marcada.
  • Faróis dianteiros: integrando a tecnologia full LED em todas as versões do novo Zoe E-Tech, os faróis dianteiros empregam a assinatura luminosa em formato de C característica dos modelos Renault (o chamado C-Shape). Além de um visual mais marcante, estes novos faróis melhoram nitidamente a visibilidade para o condutor.
  • Para-choque dianteiro e faróis de neblina: totalmente redesenhado, o para-choque dianteiro recebe faróis de neblina destacados por uma moldura cromada. A entrada de ar, os faróis e a grade também recebem adornos cromados. Um friso com o mesmo acabamento e adornado com o nome “Zoe” arremata o conjunto com elegância. Na parte inferior, os faróis de neblina de LED contribuem para um aprimoramento geral dos atributos de iluminação. Estruturado em torno das saídas de ar desenhadas especificamente para melhorar o fluxo de ar, o para-choque dianteiro amplia a percepção visual do veículo. Bem assentada sobre as rodas, a frente da carroceria sugere as qualidades dinâmicas do Zoe.
  • Entradas de ar: as novas entradas de ar laterais, em formato de guelras favorecem a circulação do fluxo de ar na frente da carroceria, contribuindo para a aerodinâmica do novo Zoe E-Tech. 
  • Losango holográfico e nova portinhola de recarga: destacado por um filete azul, o losango da Renault que aparece no centro da grade esconde a tomada de recarga. Este logo conta com um design “holográfico”: os traços precisos de seu desenho dão uma impressão de relevo à superfície plana. Atrás do losango, a portinhola de recarga recebe uma tomada do tipo 2, mas ela conta agora com um conector para a recarga rápida com corrente contínua (DC) de até 50 kW, complementando as possibilidades já oferecidas nas gerações anteriores com corrente alternada (AC).
  • Lanternas traseiras e luzes indicadoras de direção com visual dinâmico: as lanternas traseiras são agora full LED, para uma visibilidade nitidamente melhor em qualquer situação. O feixe luminoso em linhas horizontais também contribui para ampliar a parte traseira da carroceria. Já a assinatura luminosa tem agora a cor vermelha, proporcionando ainda mais visibilidade. A iluminação dinâmica das luzes indicadoras de direção de LED, que mudaram do centro para o lado de fora, reforça esta impressão de imponência, enquanto as luzes indicadoras de direção integradas aos retrovisores laterais também contam com iluminação em LED.
  • Uma gama completa de cores: as novas cores azul Céladon, vermelho Flamme e branco Quartz se somam às cores cinza Highland, cinza Titanium e preto Etóile.  As novas cores de carroceria condizem totalmente com o temperamento dinâmico do modelo 100% elétrico. 
  • Novas rodas de 16 polegadas: melhor equipado, o novo Zoe E-Tech traz um aprimoramento de todas suas qualidades dinâmicas, tanto em termos de aceleração como de frenagem. Entre os destaques estão os freios a disco na frente e na traseira, além dos novos aros de roda com cinco parafusos. 

 

Design interno

  • Tela de 10 polegadas para o condutor: o novo Zoe E-Tech traz em todas as versões um quadro de instrumentos digital de 10 polegadas para o condutor, com definições e funcionalidades inigualáveis no segmento. O equipamento inclui, entre outras funcionalidades, todos os parâmetros específicos da motorização elétrica, começando pelo indicador de consumo, que incentiva a eco-condução. O condutor pode personalizar as cores do mostrador e a apresentação das diferentes informações na tela. 
  • Tela multimídia: a tela multimídia touchscreen de sete polegadas que prolonga o console central permite acessar todos os recursos de navegação e entretenimento. Ela controla as principais regulagens do veículo, dos diferentes dispositivos de assistência à condução à personalização das cores de exibição da tela de 10 polegadas localizada no quadro de instrumentos, em frente ao condutor. O sistema multimídia Renault Easy Link permite conectar o smartphone e espelhar aplicativos via Apple CarPlay e Android Auto.
  • Painel de bordo: totalmente redesenhado, o painel de bordo adota um novo revestimento que é ao mesmo tempo suave, macio e com qualidade premium. No centro, a faixa horizontal que emprega o tecido dos revestimentos internos contribui para criar uma atmosfera aconchegante e confortável. Disposição, escolha dos materiais, integração das diferentes telas: todo o painel de bordo foi revisto para melhorar significativamente a qualidade dos acabamentos.
  • Revestimentos internos provenientes da economia circular: no acabamento Zen, o novo Zoe E-Tech inaugura revestimentos internos de tecido 100% proveniente de reciclagem. Neste projeto, a Renault se baseia em um processo tradicional de fabricação da cardagem do fio, que permite obter um tecido de qualidade sem fusão nem transformação química. Este fio é concebido a partir de refugos têxteis (aparas de tecidos provenientes do corte de tecidos novos), cintos de segurança e garrafas plásticas (PET). O tecido constitui uma grande inovação na indústria automotiva. Seu fornecimento e fabricação em ciclo curto, de acordo com os conceitos da economia circular, reduzem em mais de 60% as emissões de CO2 associadas. Este tecido também reveste a faixa do painel de bordo e a base do console central.
  • Peças aparentes em plástico reciclado: quatro peças do interior são integralmente feitas com polipropileno reciclado.  Até agora, a integração de materiais sintéticos reciclados era quase exclusivamente reservada aos elementos não visíveis do carro. Sua utilização no interior é resultado de uma pesquisa contínua, visando a fabricar plásticos reciclados com um nível de qualidade e durabilidade comparáveis aos melhores plásticos virgens.
  • Alavanca de modo de condução “e-shifter”: o console central mais alto recebe a nova alavanca de modo de condução com comando eletrônico. O pomo do e-shifter é revestido em couro. As laterais têm acabamento cromado acetinado, enquanto o logo Z.E. recebe destaque na base. Com um simples toque, ele permite mudar de um modo de condução a outro, principalmente para aproveitar o novo modo que facilita a condução na cidade.
  • Freio de estacionamento automático: o freio de estacionamento automático, presente em todas as versões de acabamento do novo Zoe, facilita ainda mais a condução. Além disso, ele libera o console central do espaço normalmente ocupado pela alavanca de freio de mão, o que oferece vantagens em termos de capacidade de armazenamento, em benefício dos ocupantes.
  • Botão de partida do motor: graças ao cartão handsfree da Renault, uma simples pressão no botão de partida é suficiente para ligar o motor. O botão com friso cromado acetinado emprega a assinatura luminosa azul que destaca a identidade elétrica do veículo. O condutor se dá conta desta atenção ao detalhe ao se aproximar do novo Zoe E-Tech com o cartão handsfree no bolso, sendo recebido por uma sequência de sinais luminosos, o retorno automático dos retrovisores rebatidos à posição de funcionamento e o destravamento das portas.
  • Espaço para objetos: o console central abriga porta-objetos duas vezes mais espaçosos. Os dois porta-copos localizados abaixo da alavanca e-shifter acomodam copos térmicos, garrafas e latinhas. 
  • Ar-condicionado e ventilação: as regulagens dedicadas ao conforto térmico no console central oferecem o máximo de ergonomia. Elas são facilmente identificadas, graças ao revestimento cromado acetinado, que também é encontrado nas saídas de ar do painel.
  • Para-brisa acústico: o novo para-brisa acústico aumenta o silêncio no interior. Da mesma forma que outras otimizações realizadas, como os isolantes acústicos nos painéis das portas, sob os bancos dianteiros e no anteparo do compartimento do motor, a qualidade acústica do vidro do para-brisa reduz significativamente os ruídos provenientes do lado de fora. A estes atributos se acrescentam a ausência de ruído de funcionamento do motor elétrico, proporcionando ainda mais conforto a bordo.
  • Habitabilidade traseira: graças à plataforma concebida especificamente para um carro elétrico, o novo Zoe E-Tech não tem limitações de projeto, como uma elevação central proeminente. Assim, na parte traseira, ele oferece amplo espaço, além de uma grande capacidade em um porta-malas que atende a diversas situações de uso em família.
  • Ergonomia no acesso aos comandos: o painel da porta, o local para acomodar os controles dos vidros e dos retrovisores elétricos com rebatimento automático foi repensado.
  • Lâmpada de teto de LED: assim como a iluminação do lado de fora, agora a iluminação interna também tem tecnologia full LED. A lâmpada de teto oferece melhor visibilidade sempre que necessário no interior.

 

Autonomia e recarga

O novo Zoe E-Tech se beneficia de uma bateria Z.E. 50 que permite uma autonomia de até 385 quilômetros. Ela também permite uma recarga rápida com corrente contínua, complementando todas as opções de recarga possíveis com corrente alternada, tanto em casa como em locais públicos.

Após o lançamento da bateria Z.E. 40 na geração anterior, a Renault continuou o trabalho de aprimoramento da performance das baterias. Este trabalho resultou em um acréscimo de 25% na autonomia da bateria Z.E. 50 do novo Zoe E-Tech, que agora conta com 52 kWh e chega a 385 quilômetros.

O aumento da capacidade energética não resultou em qualquer mudança no tamanho da bateria, mantendo o conforto interno do veículo. A nova bateria Z.E. 50 também proporciona uma nova vantagem: a capacidade de entregar uma corrente de intensidade maior, que contribui para a performance do novo motor R135.

O novo Zoe E-Tech se beneficia também de uma funcionalidade de recarga sem equivalentes. O número de eletropostos em áreas públicas tem aumentado e o Zoe tem capacidade para aproveitar o melhor de cada terminal AC até 22 kW. Desde que foi lançado, o Zoe é o veículo elétrico que se recarrega mais rápido em postos de recarga. O Zoe deve esta funcionalidade única ao seu carregador Caméléon. Em vez de utilizar dois circuitos elétricos diferentes para a recarga e a tração, a Renault conseguiu reunir as duas operações com a mesma eletrônica, para obter uma recarga flexível, mantendo os custos sob controle.

Agora, uma novidade passa a complementar esta performance: o novo Zoe inclui uma opção de recarga com corrente contínua (DC). Instalado entre o grupo motopropulsor elétrico e a bateria, este sistema permite fazer uma recarga de até 50 kW da bateria em terminais DC. Esta nova opção de recarga se adapta aos trajetos mais longos, principalmente em rodovias.

 

A cada geração, um salto em termos de autonomia

Na época do lançamento, no final de 2012, o primeiro Zoe oferecia aproximadamente 150 quilômetros de autonomia real com uma bateria de 22 kWh, uma distância que já era bastante superior em comparação com a distância média percorrida diariamente pelos condutores europeus.

Em 2016, a Renault lançou a segunda geração do Zoe com a bateria Z.E. 40, cujos 41 kWh permitiram duplicar a autonomia do veículo, chegando a 300 quilômetros de autonomia real. O trabalho se concentrou na parte química dos íons de lítio, para melhorar a densidade da bateria.

Para o novo Zoe E-Tech, a engenharia se concentrou na arquitetura da bateria e nos diferentes aspectos do projeto. As melhorias realizadas permitem atingir uma capacidade de 52 kWh ocupando um volume idêntico, o que se traduziu em um aumento de até 25% na autonomia, chegando a 385 quilômetros.

 

Know-how, inovação e segurança

Com uma capacidade que aumentou de 41 para 52 kWh, para uma massa limitada e um volume absolutamente idêntico, a bateria do novo Zoe E-Tech é fruto de um trabalho importante de concepção, realizado em conjunto entre a Renault e a LG Chem.

Assim, a Renault repensou completamente a arquitetura interna da bateria, para minimizar a massa e o espaço ocupado pelos elementos da estrutura, liberando o máximo de volume para as células. Além disso, esta nova arquitetura interna mantém todas as performances da bateria (resistência a choques, arrefecimento a ar etc.) e responde às limitações técnicas associadas a uma potência de recarga que chega agora a 50 kW.

Em torno de 80% da capacidade da bateria é resultado da otimização da arquitetura interna. Os 20% restantes derivam de melhorias nos componentes. Os químicos da LG Chem aproveitaram o volume liberado pelos engenheiros da Renault para projetar novas células de íons de lítio.

Montadas em módulos na fábrica da LG Chem de Wroclaw, na Polônia, elas têm como característica uma altura maior e melhor performance da parte química.

A bateria Z.E. 50 conta com todas as inovações desenvolvidas pela Renault para garantir a segurança de seus veículos elétricos. Além do sistema de gestão da bateria (BMS – Battery Management System), o circuito eletrônico alerta a respeito de qualquer aumento na temperatura interna, por meio de duas peças termossensíveis que, em caso de incêndio provocado por causas externas, permitem que os bombeiros tenham um acesso direto ao lado de dentro da bateria.

A bateria pode ser reutilizada para a armazenagem de energia estacionária, quando sua performance passa a não mais a atender as necessidades de um veículo elétrico. Ela também pode ser reciclada por meio de uma logística reversa específica, que recupera e reutiliza ao máximo os elementos empregados em sua fabricação.

 

Eficiência energética no mais alto nível

Enquanto a autonomia do novo Zoe E-Tech se deve principalmente ao aumento da capacidade da bateria Z.E. 50, ela também se beneficia das várias otimizações realizadas pela Renault nas diferentes etapas da concepção do veículo, para melhorar sua eficiência energética. Assim, o novo Zoe E-Tech oferece uma das melhores relações do mercado entre capacidade da bateria e distância percorrida.

  • Controle térmico da bateria: a temperatura de funcionamento da bateria é controlada por um sistema de arrefecimento externo, que envia ar pulsado para resfriar ou aquecer o módulo, para manter a faixa ideal de temperatura de funcionamento.
  • Motor de alto rendimento: o novo Zoe E-Tech se beneficia de toda a experiência adquirida pela Renault no desenvolvimento de grupos motopropulsores elétricos que são tanto performantes como eficientes. A escolha por um motor com rotor síncrono bobinado permite principalmente oferecer uma excelente eficiência energética. O redutor encarregado de transferir a energia para as rodas se beneficia de optimizações que melhoram o rendimento.
  • Bomba de calor: a Renault optou por substituir as tradicionais resistências por uma bomba de calor, para limitar o impacto dos sistemas de aquecimento e ar-condicionado na autonomia disponível. 
  • Aerodinâmica: O projeto da carroceria do veículo favorece a circulação sem prejudicar os fluxos de ar. Na parte da frente, por exemplo, as aberturas de ar integradas no para-choque do novo Zoe E-Tech contribuem para a redução da resistência do ar.
  • Frenagem regenerativa: no novo Zoe E-Tech, cada fase de desaceleração contribui para recarregar a bateria graças à conversão da energia cinética em eletricidade. A integração de um pedal de freio desacoplado permite privilegiar a frenagem regenerativa sempre que possível, em oposição à ação mecânica dos freios a disco, que dissipam a energia sob a forma de calor.
  • Eco-condução: a eficiência energética também depende do condutor. Com seu novo painel de instrumentos digital, o novo Zoe E-Tech permite que o condutor tenha melhor visualização do impacto de seu estilo de condução na autonomia disponível. Assim, ele se sensibiliza em relação aos conceitos da eco-condução, que incluem, por exemplo, antecipar a desaceleração para aproveitar ao máximo a frenagem regenerativa.

                                                                   

Funcionalidade incomparável da recarga 

  • Tomada CCS proporciona mais funcionalidade: o novo Zoe E-Tech esconde sua tomada de recarga atrás do grande losango que adorna a grade frontal. Agora a portinhola de recarga abriga uma tomada CCS (Sistema Combinado de Recarga), ligeiramente mais volumosa. Ela é constituída de uma tomada padrão europeu, acompanhada de um conector com dois pinos, dedicado à recarga em corrente contínua. A posição central da tomada facilita a conexão, principalmente nos eletropostos públicos que dispõem de um cabo próprio.
  • Tomada do tipo 2 para recarga AC: a tomada tipo 2 e o carregador Caméléon estão sempre disponíveis para um uso no dia a dia. Em casa, no trabalho, no estacionamento de um shopping center ou na rua, eles permitem uma recarga bastante flexível, cobrindo todas as opções disponíveis, da tomada doméstica de 2,3 kW até o eletroposto de recarga rápida de 22 kW.
  • Conector de dois pinos dedicados à recarga DC: graças à tomada CCS, o novo Zoe E-TEch pode ser recarregado no modo rápido em corrente contínua (DC), até 50 kW. Para isso, basta inserir o cabo de recarga integrado ao eletroposto no conector de dois pinos localizado abaixo da tomada tipo 2.
  • Recarga e autonomia: a tomada CCS do novo Zoe E-Tech simplifica o acesso e a gestão da recarga, em qualquer lugar. A facilidade de recarga é comprovada em qualquer circunstância do dia a dia: em casa ou no trabalho, na cidade, no supermercado ou no cinema, na via expressa ou na estrada, etc.   A cada caso corresponde um período de estacionamento suficiente para recuperar um número significativo de quilômetros em termos de autonomia.
  • Recarga residencial: seja em uma casa, condomínio ou edifício residencial, é possível fazer a recarga de 0 a 100% do novo Zoe E-Tech em 8h33 graças a uma Wallbox de 7,4 kW. O equipamento permite garantir com folga uma recarga completa durante a noite. O usuário que recarrega seu veículo em casa também pode aproveitar o recurso de programação, para ajustar a recarga em função das eventuais variações de tarifa praticadas pela empresa distribuidora de energia. 
  • Recarga na cidade: os centros das cidades oferecem oportunidades de recarga, tanto em eletropostos públicos como em estacionamentos, muitas vezes acompanhados da possibilidade de estacionar gratuitamente. Dá para aproveitar para almoçar no restaurante ou fazer umas comprinhas enquanto a bateria do Zoe é recarregada. Conectado a um terminal público com potência de 11 kW, o novo Zoe E-Tech recupera até 150 quilômetros de autonomia em 2 horas*.
  • Recarga no supermercado: a instalação de terminais de recarga tem se tornado um verdadeiro diferencial competitivo para os supermercados e shopping centers. A cada dia novos locais disponibilizam eletropostos para recarga acelerada e muitas vezes gratuitas, permitindo oferecer um ganho significativo de autonomia aos clientes durante suas compras. Conectado a um terminal público de 22 kW, o novo Zoe E-Tech recupera até 150 quilômetros de autonomia em uma hora*.
  • Recarga na estrada: graças à potência elevada de recarga do novo carregador DC, a recarga do novo Zoe E-Tech se insere no percurso natural da viagem. Seja em uma viagem de férias ou a trabalho, os trajetos de carro mais longos incluem paradas para descansar e recuperar o vigor. Na estrada, a nova recarga rápida do novo Zoe E-Tech se beneficia destas paradas para, em algumas dezenas de minutos, recuperar autonomia suficiente para chegar à próxima etapa. Em um terminal DC de 50 kW, em 30 minutos o novo Zoe E-Tech armazena energia suficiente para percorrer até 150 quilômetros*.

* Os valores da duração e da distância mencionados aqui são calculados a partir dos resultados obtidos pelo novo Zoe por meio do procedimento de homologação WLTP (Procedimento Mundial Harmonizado de Teste para Veículos Leves, ciclo padronizado: 57% de trajetos urbanos, 25% de trajetos periurbanos, 18% de trajetos na estrada), com o objetivo de representar as condições reais de uso dos veículos. Entretanto, eles não levam em conta o tipo de trajeto realizado após a recarga. O tempo de recarga e a autonomia recuperada também dependem da temperatura, desgaste da bateria, potência entregue pelo terminal, estilo de condução e nível de recarga.

 

Prazer de dirigir

A nova geração do Zoe agrega aos atrativos intrínsecos da mobilidade elétrica uma motorização mais potente e um novo modo de condução especialmente adaptado ao uso na cidade, além de vários dispositivos de assistência à condução dedicados ao conforto e à segurança.

Com a introdução de uma motorização de 135 cv, o novo Zoe Tech oferece acelerações e retomadas ainda mais ágeis. Agora, o prazer de dirigir e o conforto são ainda maiores, principalmente em via expressa.

De 80 a 120 km/h, ele ganhou 2,2 segundos em comparação com a geração anterior. Este ganho facilita as ultrapassagens e o acesso a uma via expressa, com um torque sempre disponível imediatamente desde a partida do motor, além de um funcionamento ainda mais silencioso graças ao aprimoramento dos atributos acústicos.

O novo Zoe Tech também oferece um novo modo de condução que faz com que dirigir na cidade seja mais fácil. Batizado de “modo B”, ele oferece uma desaceleração acentuada, permitindo reduzir o uso do pedal do freio.

O novo Zoe E-Tech é sempre equipado com um motor síncrono com rotor bobinado concebido no Technocentre da Renault e produzido na fábrica de Cléon, na França. O projeto exigiu uma verdadeira expertise em termos de produção, permitindo limitar o uso de metais raros e oferecendo um excelente rendimento energético, principalmente nas faixas de rotação elevadas.

Aproximadamente 60 peças que compõem o controlador eletrônico de potência (PEC, Power Electronic Controller) foram atualizadas para acompanhar o aumento de potência, torque e rotações do motor R135. Estas peças representam aproximadamente 70% do valor total do PEC. O inversor que converte a energia da bateria em corrente alternada para o motor teve um aumento na intensidade de 230 para 280 A.

  • Motor de 135 cv: a engenharia aproveitou a chegada de uma bateria com capacidade aumentada no novo Zoe E-Tech para tirar o melhor partido possível de seu motor 100% Renault de 135 cv. Assim, o novo Zoe E-Tech entrega desempenhos ainda melhores, aumentando a funcionalidade e o prazer de dirigir, principalmente nas ultrapassagens ou em via expressa. Equipado com o motor R135, ele entrega um torque de 25 kgfm, o que permite passar de 80 a 120 km/h em apenas 7,1 segundos, um ganho de 2,2 segundos em comparação com o motor R110. Agora, ele vai de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos. Além disso, a velocidade máxima chega a 140 km/h.
  • Modo B: o novo Zoe E-Tech inaugura um novo modo de condução por meio do qual o condutor quase não precisa mais utilizar o pedal do freio. Quando o modo B está ativado, a carro desacelera de forma nitidamente mais pronunciada assim que o condutor solta o pedal do acelerador. O modo B simplifica a condução, principalmente na cidade ou ao reduzir a velocidade. Tecnicamente, sua integração conta com um novo sistema de frenagem que também melhora as sensações percebidas no pedal do freio. Já o modo D continua sendo especialmente útil quando o condutor quer aproveitar a inércia do veículo, por exemplo, em via expressa. E com o e-shifter, o condutor alterna facilmente entre os modos B e D.
  • Dispositivo eletrônico “E-Shifter”: equipado com um motor elétrico, o novo Zoe E-Tech evidentemente não tem caixa de câmbio nem embreagem, mas continua tendo uma alavanca para alternar entre os diferentes modos de condução ou engrenar a marcha a ré. A alavanca mecânica deu lugar a um dispositivo eletrônico batizado de “e-shifter”. Simples toques no pomo da alavanca são suficientes para enviar as instruções ao controlador do grupo motopropulsor. O modo de condução selecionado fica claramente visível no console central, assim como na tela de 10 polegadas do condutor. Assim como acontece com o freio de estacionamento automático, o novo Zoe E-Tech aumenta a experiência 100% elétrica em todas as funções úteis ao condutor.
  • Mudança automática dos faróis: o carro alterna automaticamente de farol alto para farol baixo quando é detectado que um veículo está se aproximando no sentido inverso.
  • Alerta de ponto cego: esta função alerta o condutor quando um veículo ou obstáculo se encontra na zona de ponto cego do novo Zoe E-Tech.
  • Assistência automática em rampa (Auto-Hold): a função Auto-Hold permite manter o veículo parado quando o condutor solta o pedal do freio, aumentando o conforto de condução principalmente em engarrafamentos.
  • Radar de estacionamento dianteiro e traseiro: os sensores integrados na frente e na traseira do veículo detectam obstáculos durante as manobras, complementando a função da câmera de ré.
  • Freio de estacionamento automático: com o freio de estacionamento automático, não é necessário acionar o freio de mão antes de sair do veículo ou ao dar a partida em ladeiras, aumentando a ergonomia na utilização. Outra vantagem é a ausência de alavanca, liberando espaço no console central. 

 

Renault On Demand 

O novo Zoe E-Tech também está disponível no Renault On Demand, o serviço de assinatura de longa duração da marca pioneiro entre veículos elétricos do mercado brasileiro. Para o plano de 36 meses e 1.000 km por mês, o valor mensal é de R$ 3.890. 

A contratação é 100% on-line, realizada no site www.renaultondemand.com.br, incluindo a assinatura digital do contrato e todo o acompanhamento durante o período de utilização do Renault On Demand, como conferir o status do pedido, gerenciar pagamentos e serviços contratados, consultar multas recebidas, entre outros. O cliente também pode realizar a contratação na rede de concessionárias credenciada.

O Renault On Demand inclui os serviços:

  • Manutenção: revisões preventivas
  • Gestão de documentos: todos os documentos e taxas relacionados ao veículo como IPVA e licenciamento são gerenciados pelo Renault On Demand.
  • Seguro Auto: proteção contra roubo, furto, incêndio e terceiros.
  • Assistência 24 horas: serviços de reboque, chaveiro, retorno ao domicílio, hospedagem, carro reserva, e outros serviços emergenciais disponíveis por meio do 0800 888 1500.

O cliente pode ainda personalizar sua assinatura incluindo outros serviços. O valor adicional na mensalidade dependerá do plano escolhido:

  • Entrega do veículo em casa.
  • Película solar e/ou película de proteção.
  • Seguro proteção financeira: proteção em caso de desemprego involuntário, incapacidade, morte ou invalidez, em parceria com a seguradora BNP Paribas Cardif.

Ao término do plano, o cliente poderá optar pela renovação antecipada e assim, receber o novo veículo na data de devolução do antigo.

 

Mobilize, a marca dedicada aos serviços de mobilidade e energia no Grupo Renault

A Mobilize é uma das quatro unidades de negócio do Grupo Renault, lançada em janeiro. Tem como foco os clientes que desejam adotar formas de mobilidade mais sustentáveis e compartilhadas. A Mobilize responde às novas necessidades dos usuários, promovendo ecossistemas energéticos sustentáveis, de acordo com o objetivo do Grupo Renault de atingir a neutralidade de carbono e à sua ambição de desenvolver o valor da economia circular.

A Mobilize oferece serviços de mobilidade, energia e dados para outras marcas e parceiros, apoiando-se nos melhores ecossistemas abertos.

 

Parceria com a WEG e EDP

A Renault homologou a WEG como fornecedora oficial de estações de recarga para veículos elétricos. O contrato, realizado através da EDP, empresa especializada em mobilidade elétrica, que será responsável pelas vistorias e instalações dos equipamentos, prevê o fornecimento de Estações de Recargas e acessórios para os principais showroons das concessionárias Renault, frotistas e consumidores finais. 

Desenvolvida e fabricada no Brasil especialmente para atender as necessidades de potência, conectividade, velocidade de recarga e segurança para veículos elétricos, a nova geração de Estações de Recarga da WEG, possui design moderno e é inteligente, possibilitando a conexão à internet e a plataformas de gestão para cobrança ou rateio do consumo de cada usuário. Além disso, permite o controle de acesso via cartões de proximidade (tags RFID) ou aplicativos de celular. 

Os carregadores indicados para o novo Zoe E-Tech são os Wallbox de 7,4 kW e 22 kW em corrente alternada (AC) indicados para uso residencial e comercial e os carregadores de 50kW em corrente contínua (DC), indicado para frotas, com capacidade para abastecer o veículo elétrico para uma autonomia de 100 quilômetros em média 2 horas ou em 40 minutos com os modelos residenciais e comerciais  e com capacidade de se chegar a uma autonomia de 100 quilômetros em média com apenas 20 minutos. 

As estações de recarga da WEG recomendadas para o novo Zoe E-Tech são os Wallbox de 7,4 kW que permite uma recarga de 100km de autonomia em 2 horas e o modelo de 22 kW que recarrega 100km de autonomia em 40 minutos, ambos em corrente alternada (AC), são indicados para uso residencial e comercial. Possui ainda a opção de recarga rápida com estações de recarga de 50kW em corrente contínua (DC), indicado para frotas, onde os mesmos 100 km de autonomia são obtidos em média em apenas 20 minutos.

Os clientes pessoa física poderão comprar os Wallbox, do fabricante WEG, diretamente pelo site https://edpsmart.edpcomunicacao.com.br/renault, de um modo prático e rápido e com desconto de até 7%. Os clientes pessoa jurídica serão acompanhados diretamente pela engenharia e comercial da EDP de modo a oferecer uma solução customizada a frotaAs dez estações de recarga instaladas em concessionárias Renault nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Paraná, permitem livremente o uso para usuários de veículos elétricos

 

Sobre a WEG

Fundada em 1961, a WEG é uma empresa global de equipamentos eletroeletrônicos, atuando principalmente no setor de bens de capital com soluções em máquinas elétricas, automação e tintas, para diversos setores, incluindo infraestrutura, siderurgia, papel e celulose, petróleo e gás, mineração, entre muitos outros. A WEG se destaca em inovação pelo desenvolvimento constante de soluções para atender as grandes tendências voltadas a eficiência energética, energias renováveis e mobilidade elétrica. Com operações industriais em 12 países e presença comercial em mais de 135 países, a companhia possui mais de 33 mil colaboradores distribuídos pelo mundo. Em 2020 a WEG atingiu faturamento líquido de 17,5 bilhões, destes 56 proveniente das vendas realizadas fora do Brasil.

 

Sobre a EDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, além de atuar em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Foi eleita em 2020 a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em Governança e Sustentabilidade, estando há 15 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. 

 

Sobre a Renault

Marca histórica de mobilidade e pioneira em veículos elétricos na Europa, a Renault sempre desenvolveu veículos inovadores. Com o plano estratégico “Renaulution”, a marca iniciou uma ambiciosa transformação para a geração de valor, buscando uma gama de produtos ainda mais competitiva, balanceada e eletrificada. Sua ambição é incorporar modernidade e inovação em tecnologia, energia e serviços de mobilidade na indústria automotiva e além.

 

Fotos Relacionadas

Releases Relacionados

  • Renault inaugura Garagem Fotovoltaica no Complexo Industrial Ayrton Senna

    Parceria da Renault com as empresas ABR Energias, BRAFER, Sistema Fiep e WEG permitiram o desenvolvimento…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Renault Zoe estará no 2° Eme Abravei, encontro de mobilidade elétrica

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Zoe é o elétrico que menos desvaloriza no Brasil

    Veículo da Renault recebeu o Selo Maior Valor de Revenda na categoria elétrico com índice de depreciação…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.